Editorial

  • Isorlanda Caracristi Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)
  • Francisco Clébio Rodrigues Lopes Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)
  • Eudes Leopoldo Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (FCH/Ietu/Unifesspa)
  • Anna Carolina de Abreu Coelho Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (FCH/Ietu/Unifesspa)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isorlanda Caracristi, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Possui graduação em Bacharelado em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (1987) e doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2007). É Professora adjunta da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Foi Coordenadora Adjunta do Mestrado Acadêmico em Geografia da UVA (MAG-UVA) e compõe o quadro de professores permanentes, além de colaborar com o Programa de Pós-Graduação da UECE (PROGEO) da Universidade Estadual do Ceará Coordena o Laboratório de Estudos Ambientais (LEA) e o Grupo de Pesquisa "Estudos Geográficos de Sistemas Ambientais e Climas Intrarregionais". Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Climatologia Geográfica, atuando principalmente nos seguintes temas: geografia física, climatologia geográfica, meio ambiente e teoria e método em geografia física.

Francisco Clébio Rodrigues Lopes, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Possui graduação em Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal do Ceará(2003), graduação em Geografia pela Universidade Federal do Ceará(2004), mestrado em Geografia pela Universidade Federal do Ceará(2006) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo(2013). Atualmente é Membro de corpo editorial da Revista Tamoios (Online), Professor Adjunto da Universidade Estadual Vale do Acaraú e Membro de corpo editorial da Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Humana. Atuando principalmente nos seguintes temas:Centralidades, URBANIZAÇÃO, PERIFERIA.

Eudes Leopoldo, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (FCH/Ietu/Unifesspa)

Doutor em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (USP). Mestre e graduado em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Atualmente é Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Humanas do Instituto de Estudos do Trópico Úmido da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (FCH/Ietu/Unifesspa) e Líder do Grupo de Pesquisa Geografia Regional e Produção do Espaço (Gerpe/Ietu/Unifesspa). Pós-doutorando em Geografia Regional pelo Laboratório de Estudos Regionais em Geografia do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (Lergeo/DG/FFLCH/USP).

Anna Carolina de Abreu Coelho, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (FCH/Ietu/Unifesspa)

Doutora em História pela Universidade Federal do Pará UFPA (2015). Mestrado em História (2007), graduação em História (Bacharelado e Licenciatura) pela UFPA(2004). É professora da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará vinculada ao curso de História da Faculdade de Ciências Humanas (IETU), ao Programa de Pós-graduação em História e ao Mestrado Profissional em História. Atualmente dedica-se ao estudo das trajetórias de nobres paraenses e portugueses no Pará oitocentista. Lidera o grupo de pesquisa História, Memória e Natureza na Amazônia com enfoque na orientação de atividades de pesquisa sobre a memória e a política no estudo das cidades desta região. Atualmente é Diretora da Faculdade de Ciências Humanas (Unifesspa/IETU), Portaria 1194/ 2019. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Social da Amazônia e História do Brasil Imperial, atuando principalmente nos seguintes temas: Intelectuais, Políticos, Biografia, Cidade e Memória.

Publicado
2019-12-11
Como Citar
CARACRISTI, I.; LOPES, F. C. R.; LEOPOLDO, E.; COELHO, A. C. DE A. Editorial. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 21, n. 3, p. 1-3, 11 dez. 2019.