A CONCEPÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL NO MODERNO E PÓS-MODERNO

Autores

  • Francisco Clébio Rodrigues Lopes Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
  • Ramon do Nascimento Rodrigues Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA

DOI:

https://doi.org/10.35701/rcgs.v24.846

Palavras-chave:

tempo-espaço, modernidade, pós-modernidade

Resumo

Este artigo analisa as categorias do tempo e do espaço no período moderno e no pós-moderno. A investigação utilizou a técnica de revisão de literatura. A primeira parte explana a questão do tempo e do espaço na Modernidade, sobretudo a partir da ascensão da sociedade burguesa e do capitalismo. A segunda apresenta a conjuntura sócio-histórica da crise estrutural capitalista de 1970 e das transformações societárias a partir dela, destacando as modificações na concepção do tempo e do espaço na chamada condição pós-moderna. A terceira seção deste artigo busca explicar a compressão do tempo e do espaço na contemporaneidade, evidenciando o debate da centralidade do espaço. Por fim, concluímos que o capitalismo provoca mudanças no interior do sistema de produção, transformando aspectos da sociedade. A lógica cultural acelerada do capitalismo tardio concebe o espaço e o tempo como voláteis, flexíveis, globalizados e virtuais. A velocidade do deslocamento no espaço cria a sensação de encurtamento do tempo, que ganhou novos desdobramentos no final do século XX e início do XXI

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Clébio Rodrigues Lopes, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (2004), graduação em Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal do Ceará(2003), mestrado em Geografia pela Universidade Federal do Ceará(2006) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo (2013). Atualmente é Membro de corpo editorial da Revista Tamoios (Online), Professor Adjunto da Universidade Estadual Vale do Acaraú e Membro de corpo editorial da Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS). Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Humana. Atuando principalmente nos seguintes temas: Centralidades, URBANIZAÇÃO, PERIFERIA.

Ramon do Nascimento Rodrigues , Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA

Possui graduação em bacharelado em Serviço Social pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (2018). Atualmente é mestrando do curso de Geografia da Universidade Vale do Acaraú. Exerce o cargo de Analista de Políticas Públicas Sociais da Prefeitura Municipal de Sobral. Atua na área de Urbanismo com ênfase em Habitação de interesse social. Tem como principais discussões: Crise do Capital; Transformações Societárias; Trabalho; Pós-modernidade; Habitação de interesse social. 

Downloads

Publicado

2022-12-22

Como Citar

LOPES, F. C. R.; RODRIGUES , R. do N. A CONCEPÇÃO ESPAÇO-TEMPORAL NO MODERNO E PÓS-MODERNO. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), [S. l.], v. 24, p. 132–147, 2022. DOI: 10.35701/rcgs.v24.846. Disponível em: //rcgs.uvanet.br/index.php/RCGS/article/view/846. Acesso em: 1 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos