VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL A ESTIAGEM E SECA NA REGIÃO PLUVIOMÉTRICA DO CARIRI/CURIMATAÚ PARAIBANO

Autores

  • Tatiana dos Santos Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Marcelo de Oliveira Moura Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Camila Cunico Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

DOI:

https://doi.org/10.35701/rcgs.v26.950

Palavras-chave:

Vulnerabilidade, Suscetibilidade, Desastres climáticos

Resumo

O artigo objetiva identificar os diferentes graus de vulnerabilidade socioambiental dos municípios identificados como de elevado índice de risco de desastres climáticos na região pluviométrica do Cariri/Curimataú paraibano. Para tanto, baseou-se na proposta metodológica aplicada por Cunico et al. (2021), através da qual, possibilitou a identificação da vulnerabilidade social, da suscetibilidade a estiagem e seca, que sobrepostas, resultaram na vulnerabilidade socioambiental, com classes que variam de muito baixa a muito alta vulnerabilidade. Constatou-se que nos 35 municípios analisados, os quais contabilizam 431 setores censitários, as classes de alta e muito alta vulnerabilidade social foram identificadas em 140 setores censitários, sendo que deste total, 122 estão classificados como rurais. Com relação a suscetibilidade a estiagem e seca, a classe baixa apresentou maior número de setores, totalizando 176. No tocante a vulnerabilidade socioambiental, as classes que indicam elevado grau de vulnerabilidade socioambiental a estiagem e seca (alta e muito alta), somam 52 setores censitários, sendo 39 setores rurais. Mediante o exposto, a pesquisa torna-se importante pela possibilidade de ampliar estudos acerca da temática em áreas de clima semiárido, assim como, auxiliar como suporte para o planejamento, visando mitigar os danos ao qual a população residente encontra-se exposta, em virtude dos desastres climáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiana dos Santos Silva, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Mestra em Geografia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 

Marcelo de Oliveira Moura, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Professor Adjunto IV da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 

Camila Cunico, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Professora Adjunta da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 

Downloads

Publicado

2024-03-21

Como Citar

SILVA, T. dos S.; MOURA, M. de O.; CUNICO, C. VULNERABILIDADE SOCIOAMBIENTAL A ESTIAGEM E SECA NA REGIÃO PLUVIOMÉTRICA DO CARIRI/CURIMATAÚ PARAIBANO. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), [S. l.], v. 26, n. 1, p. 123–144, 2024. DOI: 10.35701/rcgs.v26.950. Disponível em: //rcgs.uvanet.br/index.php/RCGS/article/view/950. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos