A GÊNESE DO COMPLEXO INDUSTRIAL E PORTUÁRIO DO PECÉM - CIPP NAS POLÍTICAS DE INDUSTRIALIZAÇÃO CEARENSE E A DINÂMICA NA PRODUÇÃO DO ESPAÇO METROPOLITANO

  • Glauciana Alves Teles Universidade Estadual do Ceará
  • Zenilde Baima Amora Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: Metropolização. Industrialização Cearense. Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP. Região Metropolitana de Fortaleza. Produção do Espaço.

Resumo

Com o aprofundamento das relações capitalistas e sua apreensão, sobretudo na esfera da circulação, as áreas portuárias merecem destaque em virtude da dinâmica que assumem na economia mundial. São nessas áreas onde se realiza a integração da economia mundo por meio das trocas que se estabelece entre portos. Nos países de industrialização recente, os portos tem ganhado cada vez mais expressão associados às áreas industriais próximas que abrigam plantas industriais dependentes do porto, a exemplo das siderurgias e petroquímicas. Essa relação, entretanto, já é bastante antiga em países europeus cujo processo de industrialização teve seu marco no século XVII No Brasil, a expressão “complexo industrial e portuário” ganhou destaque somente no século XX, quando as áreas portuárias passam a ter relações com as indústrias de base assentada em suas proximidades, mantendo com esta uma relação de dependência. No Ceará, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém vem ganhando destaque no contexto recente de industrialização deste Estado com a implantação e funcionamento de indústrias que estão na dependência do porto, a exemplo da Companhia Siderúrgica do Pecém – CSP e as termelétricas do grupo Eneva. Desse modo indaga-se: qual o papel do CIPP no processo de industrialização recente e produção do espaço no Ceará e do Brasil? Que novos elementos o CIPP insere aos conteúdos da produção do espaço cearense e metropolitano? O objetivo geral desse artigo foi estabelecer um breve histórico sobre a gênese do CIPP no contexto recente das políticas públicas e investimentos privados relacionados à atividade industrial e seus os desdobramentos na produção do espaço cearense e metropolitano.

Palavras-chave: Metropolização. Industrialização Cearense. Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP. Região Metropolitana de Fortaleza. Produção do Espaço.

 

ABSTRACT

With the deepening of capitalist relations and its apprehension, especially in the sphere of circulation, the port areas should be highlighted in virtue of the dynamics that take on the world economy. It is in these areas allowing the integration of the world economy through trade established between ports. In countries with newly industrializing, the ports have gained more and more expression associated to industrial areas that house industrial plants dependent of port, like the steel mills and petrochemical .In Brazil, the term " industrial and port complex " has gained prominence only in the twentieth century, when the port areas come to have relations with the base industries seated in its vicinity, keeping with it a relationship of dependency. In Ceará, the Industrial and Port Complex of Pecém has been gaining prominence in the recent context of industrialization in  this state with the implementation and operation of industries that neighbor the port , such as the Steel Mill Company of Pecém - CSP and thermoelectric  of the Eneva group. This way, we ask what is the role of the CIPP in the recent process of industrialization and production in this space in Ceará and Brazil? What new elements CIPP inserts the contents of the production of cearense and metropolitan spaces? The overall objective of this study was to establish a brief history about the genesis of CIPP in the recent context of public policies and private investment related to industrial activity and its developments in the production of Ceará and metropolitan spaces. The implementation of CIPP  with the purpose to insert  Ceará in the globalized world market , the functioning of an aggregate industrial complex to a modern port progressively stands out in the national and international scene. Therefore, CIPP marks a new moment of industrialization in Ceará in which the international capital, the new technological apparatus used by industries, the formation of a labor market with new specializations and mobility of the workforce, are its most remarkable features.

Keywords: Metropolization. Industrial and Port Complex of Pecém- CIPP. Ceará Industrialization. Metropolitan Region of Fortaleza. Production of the Space.

 

RESUMEN
Con el estudio de las relaciones capitalistas y su aprehensión, sobretodo en la esfera de la circulación, las zonas portuarias deben destacarse debido a la dinámica que tienen en la economía mundial. Son en esas zonas dónde ocurre la integración de la economía mundo por medio de los cambios que se establece entre los puertos. En los países en vías de industrialización, los puertos han ganado cada vez más expresión asociados a las zonas industriales cercanas que abrigan plantas industriales dependientes del puerto, como las fábricas de siderurgias y petroquímica. Esa relación, entre tanto, es más antigua en los países europeos cuyo proceso de industrialización tuve su destaque en siglo XVII.  En Brasil, el término " complejo industrial y portuario" ha ganado importancia sólo en el siglo XX, cuando las zonas portuarias ahora tienen relaciones con las industrias de bases instalados en sus cercanías, manteniendo con estas una relación de dependencia. En Ceará, el Complejo Industrial y Portuario de Pecém ha ganado importancia en el contexto reciente de este Estado con la implantación y el funcionamiento de las industrias que están en la dependencia del puerto, como la Compañía Siderúrgica do Pecém - CSP y las termoeléctricas del grupo Eneva. De esta forma, nos preguntamos: ¿cuál es la función de CIPP en el reciente proceso de industrialización y producción del espacio en Ceará y Brasil? ¿Qué nuevos elementos el CIPP insiere a los contenidos de la producción del espacio cearense y metropolitano? El objetivo general de este estudio fue establecer una breve historia de la génesis de CIPP en el reciente contexto de las políticas públicas y inversiones privadas relacionadas a la actividad industrial y sus desarrollos en la producción del espacio cearense y metropolitano.

Palabras-clave: Metropolización. Complejo Industrial y Portuario de Pecém. Industrialización Cearense. Región Metropolitana de Fortaleza. Producción del Espacio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glauciana Alves Teles, Universidade Estadual do Ceará

Doutora em Geografia pelo programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Estadual do Ceará – PROPGEO/UECE, professora Substituta do curso de Geografia da Universidade Estadual do Ceará e pesquisadora do Laboratório de Estudos Urbanos e da Cidade – LEURC/UECE. Integra o grupo de pesquisa Metropolização, Mobilidade e Redes: perspectivas sobre a produção do espaço. Email: glauciana@hotmail.com

Zenilde Baima Amora, Universidade Estadual do Ceará
Doutora em Geographie et Amenagement du Territoire na Université de Toulouse II - Le Mirail. Professora do Programa de Pós Graduação em Geografia – PROPGEO da Universidade Estadual do Ceará. Coordenadora do Laboratório de Estudos Urbanos e da Cidade – LEURC/UECE. Email: zenildeamora@yahoo.com.br
Publicado
2016-07-30
Como Citar
TELES, G. A.; AMORA, Z. B. A GÊNESE DO COMPLEXO INDUSTRIAL E PORTUÁRIO DO PECÉM - CIPP NAS POLÍTICAS DE INDUSTRIALIZAÇÃO CEARENSE E A DINÂMICA NA PRODUÇÃO DO ESPAÇO METROPOLITANO. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 18, n. 1, p. 24-43, 30 jul. 2016.
Seção
Artigos