PATRIMÔNIO NATURAL E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: TRAVESSIAS ENTRE A CIÊNCIA E O ENSINO

  • Denise Santos Saldanha Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Mioquides de Souza Medeiros Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Nayara Marques Santos Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
  • Diógenes Félix da Silva Costa Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Palavras-chave: Ensino de Geografia Física, Geoparque Seridó, Recursos didáticos.

Resumo

Hoje, um dos eixos que despontam como mobilizadores das discussões acadêmicas diz respeito ao termo Patrimônio Natural. Dessa forma, o trabalho propõe a implementação de um tema especifico: patrimônio natural, no currículo escolar de uma determinada região: o Seridó Potiguar. O projeto Geoparque Seridó abrange seis municípios, sendo eles: Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas e Parelhas, onde foram listados dezesseis Geossítios. Localiza-se no Seridó Potiguar, na Mesorregião Central do estado do Rio Grande do Norte. Esses municípios apresentam um dos mais completos dentre o patrimônio geológico encontrado no Nordeste do Brasil, devido aos processos naturais que a região sofreu ao longo do tempo. A partir disso, a pesquisa teve como objetivo instruir professores de ensino médio e fundamental a trabalharem conceitos básicos de educação ambiental e patrimônio natural. As áreas estudadas e visitadas têm um potencial incrível para o ecoturismo e para o turismo convencional, justamente por suas belezas e diversidade de formas e cores. Os procedimentos metodológicos utilizados na pesquisa foram: levantamento bibliográfico; visitas in loco; e criação de recursos didáticos. Como resultado, foram produzidas nove apostilas que servirá de complemento de ensino para professores do fundamental e médio, para assim facilitar a absorção do conhecimento.

Palavras-chave: Ensino de Geografia Física; Geoparque Seridó; Recursos didáticos.

 

ABSTRACT

Today, one of the axes that emerge as mobilizers of the academic discussions is the term Natural Heritage. In this way, the work proposes the implementation of a specific theme: natural heritage, in the school curriculum of a given region: Seridó Potiguar. The Seridó Geopark project covers six municipalities: Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas and Parelhas, where sixteen geosites were listed. It is located in Seridó Potiguar, in the Central Meso-region of the state of Rio Grande do Norte. These municipalities present one of the most complete geological patrimony found in the Northeast of Brazil, due to the natural processes that the region has suffered over time. From this, the research aimed to instruct middle and high school teachers to work on basic concepts of environmental education and natural heritage. The areas studied and visited have incredible potential for ecotourism and for conventional tourism for its beauties and diversity of shapes and colors. The methodological procedures used in the research were: bibliographic survey; visits in loco; and creation of didactic resources. As a result, nine handouts were produced, which will complement the teaching of elementary and middle school teachers, thus facilitating the absorption of knowledge.

Key words: Teaching of Physical Geography; Geopark Seridó; Didactic resources.

 

RESUMEN

Hoy, uno de los ejes que emergen como movilizadores de discusiones académicas se refiere al término Patrimonio Natural. Así, el trabajo propone la implementación de un tema específico: patrimonio natural, en el currículum escolar de una determinada región: Seridó Potiguar. El proyecto del Geoparque Seridó abarca seis municipios, a saber: Cerro Corá, Lagoa Nova, Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas y Parelhas, donde se enumeraron dieciséis geositas. Se encuentra en Seridó Potiguar, en la Mesorregión Central del estado de Rio Grande do Norte. Estos municipios tienen uno de los patrimonios geológicos más completos encontrados en el noreste de Brasil, debido a los procesos naturales que la región experimentó con el tiempo. A partir de esto, la investigación tuvo como objetivo instruir a los maestros de secundaria y primaria para que trabajen en conceptos básicos de educación ambiental y patrimonio natural. Las áreas estudiadas y visitadas tienen un potencial increíble para el ecoturismo y el turismo convencional, precisamente por su belleza y diversidad de formas y colores. Los procedimientos metodológicos utilizados en la investigación fueron: encuesta bibliográfica; visitas al sitio; y creación de recursos didácticos. Como resultado, se produjeron nueve folletos que servirán como complemento de enseñanza para maestros de primaria y secundaria, facilitando así la absorción de conocimiento.

Palabras clave: Enseñanza de geografía física; Geoparque Seridó; Recursos didácticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Santos Saldanha, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Geógrafa. Pós-graduanda pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (CCHLA/NATAL). Estagiária do Laboratório de Biogeografia (LABIGEO) e membro do TRÓPIKOS - Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia Tropical, coordenado pelo professor Dr. Diógenes Félix da Silva Costa. 
Mioquides de Souza Medeiros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Graduando em Geografia licenciatura pela UFRN, campus CERES - Caicó/RN. 
Nayara Marques Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Discente do curso de doutorado do Programa de Pós Graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Graduada em Geografia Bacharelado pela Universidade Federal do Maranhão. Membro do Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais (TRÓPIKOS), pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais (NEPA) e do Grupo de Estudos dos Sistemas Ambientais Maranhenses cadastrado na Capes.
Diógenes Félix da Silva Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN
Geógrafo e Doutor em Ecologia. Professor Adjunto III do Depto. de Geografia da UFRN, onde leciona as disciplinas de Ecologia, Biogeografia, Recursos Naturais e Planejamento Ambiental nos cursos de graduação em Geografia (bel. e lic.). Docente permanente dos cursos de Mestrado Acadêmico em Geografia e Mestrado Profissional em Ensino de Geografia da UFRN e docente colaborador do Mestrado e Doutorado em Ecologia e Conservação da UEPB. Coordena o LABIGEO - Laboratório de Biogeografia da UFRN e lidera o TRÓPIKOS - Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais.
Publicado
2019-09-30
Como Citar
SALDANHA, D. S.; MEDEIROS, M. DE S.; SANTOS, N. M.; COSTA, D. F. DA S. PATRIMÔNIO NATURAL E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: TRAVESSIAS ENTRE A CIÊNCIA E O ENSINO. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 21, n. 2, p. 1154-1164, 30 set. 2019.