A IMPORTÂNCIA DAS SERRAS CRISTALINAS NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE, ESPECIALMENTE NO CEARÁ-BRASIL

  • Ernane Cortez Lima UVA

Resumo

A este trabalho corresponde um estudo a respeito das serras cristalinas do semiárido nordestino, especialmente do estado do Ceará, levando em consideração parâmetros geoambientais entre as superfícies de aplainamento e esses maciços residuais regionalmente conhecidos como serras. Partindo desse raciocínio, é de fundamental importância entender a região, uma vez que os dois ambientes acima citados estão inseridos no contexto do semiárido nordestino e cearense, apresentando, porém, aspectos ambientais diferenciados que necessitam de análises mais específicas, sobretudo do ponto de vista ambiental. O diagnóstico geoambiental que ensejou as discussões teve como pressuposto teórico-metodológico a análise geoambiental integrada, através dos preceitos da geografia física, balizada por questões históricas/conceituais sobre o fenômeno da semiaridez. As regiões semiáridas são caracterizadas, de modo geral, pelas condições climáticas, pela deficiência hídrica com imprevisibilidade das precipitações pluviométricas e pela presença de solos pobres em matéria orgânica. Um prolongado período seco anual faz com que a temperatura local se eleve, caracterizando, portanto, a aridez sazonal. De acordo com este conceito, o grau de aridez de uma determinada região depende da quantidade de água advinda da chuva e também da temperatura, a qual influencia na perda de água através da evapotranspiração potencial. As áreas referidas neste texto localizam-se mutuamente em uma mesma região, abrangendo grande parte do Nordeste com relevos residuais, englobando uma área de 44.370 Km² equivalente a 2,7% do território regional, e as áreas de superfícies de aplainamentos (depressão sertaneja) envolvendo 399.713 Km², equivalendo a 24,3% do território regional (FUNCEME, 1993) como também do Ceará, de acordo com dados da EMBRAPA (1993), as superfícies de aplainamento com 8.500,200 ha, atingindo 57,91% do estado enquanto que as serras, 1.642,900 ha abrangendo 11,18 % de área dentro do estado, confirmando, portanto, áreas bastante significativas, sobretudo do ponto de vista econômico e social. Vale ressaltar que as áreas de serras abrigam, em seus pontos mais elevados, em torno ou acima de 900m, uma cobertura vegetal complexa: mata seca com árvores que chegam a 20 metros de altura, e, em áreas mais rebaixadas, há o domínio da caatinga arbustiva, a qual se configura desde arbórea, arbustiva e herbácea como também cactos e mandacarus. Em termos gerais, as áreas apresentadas diferem no panorama geoambiental em face da localização e dos processos climáticos atuantes. O estudo demonstra essa diferenciação entre os dois ambientes, considerando a complexidade dos agentes ambientais que as influenciam.

Palavras-chave: Semi-Árido. Maciço Residual. Estudos Ambientais.

 

THE IMPORTANCE OF CRYSTALINE SIERRAS IN THE SEMIARID OF THE NORTHEAST REGION SPECIALLY ON CEARÁ – BRAZIL

Abstract

This paper represents a study about the crystalline residual low mountains of the semiarid northeast especially the state of Ceará , considering geoenvironmental parameters between the surfaces planed and crystalline residual low mountains regionally known as Serras. This reasoning is essential to understand the region , since the two environments mentioned above are placed in the context of the northeastern Ceará and semi -arid , but having different environmental aspects which require more specific analyzes , especially from an environmental perspective . The geoenvironmental diagnosis which led the discussions was to method theoretical of integrated geo-environmental analysis , through the precepts of physical geography , buoyed by historical / conceptual questions about the phenomenon of semi - aridity . The semi-arid regions are characterized , in general , by climatic conditions , and a water deficit with unpredictability of rainfall and the presence of soils low in organic matter . A prolonged annual dry period causes the local temperature increases presenting seasonal aridity. According to this concept , the degree of dryness of a specific region depends on the amount of rain water and also of temperature which influences the loss of water by potential evapotranspiration . The areas mentioned in this text are located mutually in the same region , covering much of the Northeast with residual reliefs covering an area of 44,370 km ² equivalent to 2,7 % of the regional territory and areas of planation surfaces ( “Sertaneja” planation surface), involving 399, 713 km ² equivalent to 24,3 % of the regional territory (FUNCEME, 1993), as well in Ceará, according to EMBRAPA (1993), the data from planation surfaces represent 8,500.200 km² , reaching 57,91 % of the state while the Serras 1,642.900 km² covering 11,18 % of the area within the state , confirming therefore quite significant areas especially in economic and social terms . It is noteworthy that the areas of Serras , have their highest points , at or above 900m, with a complex of dry vegetation,a forest with trees reaching 20 meters in height, with more recessed areas the field of shrub savanna , which configure themselves from trees, shrubs and herbaceous as well as cacti , and mandacarus . In general terms the areas shown differ in geoenvironmental panorama view of the location and assets climatic processes . The study demonstrates the differentiation between the two environments considering the complexity of environmental agents that influence them.

Keywords: Semi–Arid. Crystalline residual low mountains. Environmental Studies.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ernane Cortez Lima, UVA
Professor do curso de Geografia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).
Publicado
2014-07-31
Como Citar
LIMA, E. C. A IMPORTÂNCIA DAS SERRAS CRISTALINAS NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE, ESPECIALMENTE NO CEARÁ-BRASIL. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 16, n. 1, 31 jul. 2014.
Seção
Artigos