A RESISTÊNCIA CAMPONESA À EXPANSÃO DO AGRONEGÓCIO NA FRONTEIRA AGRÍCOLA DA CHAPADA DO APODI/CE

Autores

  • Jackson Araujo de Sousa Universidade Estadual do Ceará (UECE)
  • Leandro Vieira Cavalcante Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

DOI:

https://doi.org/10.35701/rcgs.v26.979

Palavras-chave:

Resistência camponesa, Agronegócio, Convivência com o Semiárido

Resumo

A porção da Chapada do Apodi circunscrita ao município de Tabuleiro do Norte-CE tem sido transformada, a partir de 2018, em uma nova fronteira agrícola através da produção de algodão pela empresa Nova Agro Agropecuária LTDA. O processo de territorialização e consecução do modelo de produção desta firma tem ensejado processos de injustiça e sofrimento ambiental, produzindo repercussões negativas aos territórios camponeses. Diante desse cenário, os(as) camponeses(as) têm desenvolvido experiências de resistência, contando com o apoio de organizações da sociedade civil, movimentos sociais, universidades e instituições de assessoria jurídico-popular. Cotidianamente e através do sistema de justiça tem havido resistência pelos sujeitos impactados. Nesse sentido, o objetivo do presente trabalho é discutir as experiências de resistência camponesa frente à expansão do agronegócio do algodão na Chapada do Apodi, em Tabuleiro do Norte/CE, a partir da utilização das categorias de resistência cotidiana e de resistência legítima. Para o alcance do objetivo proposto, foram necessárias algumas etapas, quais sejam: 1) levantamento e revisão bibliográfica; 2) análise documental; 3) acompanhamento de lives e reportagens em jornais; 4) trabalhos de campo; 5) análise dos dados. A partir do estudo, verificou-se a adoção de estratégias diversas de resistência camponesa, que contribuem na defesa da vida, da terra, do ambiente e do território a partir da convivência com o Semiárido e da agroecologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jackson Araujo de Sousa, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia (PROPGEO) da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Leandro Vieira Cavalcante, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Professor Adjunto do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Downloads

Publicado

2024-06-13

Como Citar

SOUSA, J. A. de; CAVALCANTE, L. V. A RESISTÊNCIA CAMPONESA À EXPANSÃO DO AGRONEGÓCIO NA FRONTEIRA AGRÍCOLA DA CHAPADA DO APODI/CE. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), [S. l.], v. 26, n. 2, p. 146–181, 2024. DOI: 10.35701/rcgs.v26.979. Disponível em: //rcgs.uvanet.br/index.php/RCGS/article/view/979. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos