PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO AO RISCO DE ATROPELAMENTO NA ALAMEDA DA AV. PAULISTANA NO BAIRRO DO POTENGI – NATAL/RN

Palavras-chave: Risco de atropelamento, Percepção, Caminhada

Resumo

O presente trabalho tem o objetivo de discutir a percepção da população aos riscos de caminhar nas alamedas, bem como serão discutidas as dificuldades enfrentadas pela população, na tentativa de ter uma melhor qualidade de vida. Para alcançar os resultados, foi realizado um diagnóstico e questionário na alameda da Av. Paulistana e na área de lazer do Panatis, localizados no bairro Potengi, em Natal/RN, e ao aplicar questionários sobre o risco de atropelamento na alameda e área de lazer, apresentou-se como os resultados que a maioria das pessoas não se sentem seguras ou já presenciaram riscos de atropelamento nas alamedas de caminhadas, sendo expostas a este risco devido o descaso com a área de lazer do Panatis. Portanto, este trabalho contribui para os estudos da Geografia do risco, visto que as pessoas ao passo que necessitam de praticar atividade física, estão expostas aos riscos de atropelamento, é sugerida a revitalização e manutenção da área de lazer Panatis, com iluminação adequada, colocação de lixeiras e limpeza regular, junto com um reforço na segurança do local, para que a população volte a utilizar a área de lazer.

Palavras-chave: Risco de atropelamento, Percepção, Caminhada.

 

ABSTRACT

This paper aims to discuss the perception of the population to the risks of walking in the alleys, as well as the difficulties faced by the population in an attempt to have a better quality of life. To achieve the results, a diagnosis and questionnaire were conducted at Avenida Paulistana Mall and Panatis leisure area, located in Potengi neighborhood, Natal / RN, and applying questionnaires about the risk of being run over at the mall and leisure area. , presented as the results that most people do not feel safe or have already witnessed risks of being run over in the walking lanes, being exposed to this risk due to the neglect with the leisure area of Panatis. Therefore, this work contributes to the studies of risk geography, since people who need physical activity are exposed to the risk of being run over, revitalizing and maintaining the Panatis leisure area, with adequate lighting, trash bins and regular cleaning, along with a reinforcement of the safety of the place, so that the population can use the leisure area again.

Keywords: Risk of being hit, Perception, Walking.

 

RESUMEN

Este documento tiene como objetivo discutir la percepción de la población sobre los riesgos de caminar en los callejones, así como las dificultades que enfrenta la población, en un intento por tener una mejor calidad de vida. Para lograr los resultados, se realizó un diagnóstico y un cuestionario en el centro comercial Avenida Paulistana Mall y el área de ocio Panatis, ubicada en el barrio de Potengi, Natal/RN, y se aplicaron cuestionarios sobre el riesgo de ser atropellado en el centro comercial y el área de ocio. , presentado como el resultado de que la mayoría de las personas no se sienten seguras o ya han sido testigos de los riesgos de ser atropellados en los carriles peatonales, expuestos a este riesgo debido a la negligencia con el área de ocio de Panatis. Por lo tanto, este trabajo contribuye a los estudios de geografía de riesgo, ya que las personas que necesitan actividad física están expuestas al riesgo de ser atropelladas, revitalizadas y manteniendo el área de ocio Panatis, con iluminación adecuada, contenedores de basura y limpieza regular, junto con un refuerzo de la seguridad del lugar, para que la población pueda usar el área de ocio nuevamente.

Palabras clave: Riesgo de atropello, percepción, caminar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jhonathan Lima de Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Bacharel em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Mestrando em Geografia pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Membro do Grupo de Pesquisa Dinâmicas Ambientais, Riscos e Ordenamento do Território - GEORISCO, membro do Grupo de Pesquisadores Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido - CAATINGUEIROS, membro colaborador do Setor de Produção Audiovisual da Agência de Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, membro articulador e representante da startup Safe Drinking Water For All no estado do Rio Grande do Norte. Atualmente trabalho com indicadores de adptação e resposta à seca no semiárido Norte-riograndense e riscos tecnológicos associados a pontes rodo-ferroviárias, bem como com levantamento de cenários de rupturas de barragens de concreto no semiárido nordestino.
Vinnícius Vale Dionizio França, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Possui graduação em Geografia (Bacharelado) pela UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Membro discente do grupo de pesquisa GEORISCO - Dinâmicas ambientais, Riscos e Ordenamento do Território. Atuou na CRN-Bio Ambiental e Arqueologia, como estagiário no setor de Geoprocessamento e monitoramento ambiental de Mar/2018 a Jan/2019 Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia, atuando principalmente nos seguintes temas: Riscos, Vulnerabilidade, Desastres, Geomorfologia, Educação Ambiental, Geoprocessamento, Cartografia Digital, Geografia, Cartografia e Sistemas de Informações Geográficas. Atuou como Educador Ambiental do programa de educação ambiental Barco Escola Chama-maré do IDEMA - Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente entre Mai/2016 a Jan/2018.
Ana Caroline Damasceno Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Mestranda do Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - PPGe/UFRN. Licenciada em Geografia (2017) pela UFRN, Centro de Ensino Superior do Seridó (Caicó-RN). Fez parte entre 2014 e 2018 do Laboratório Multiusuário de Monitoramento Ambiental (LAMMA/UFRN/CERES) com experiência em Serviços Ecossistêmicos de Ambientes Estuarinos e Fluviais, e permanece vinculada ao Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais (Trópikos) coordenado pelo Prof. Dr. Diógenes Costa. Atualmente compõe o Laboratório de Geoprocessamento e Geografia Física (LAGGEF/UFRN/CERES) coordenado pelo Prof. Dr. Marco Túlio Mendonça Diniz, com pesquisa voltada a estudos sobre Delimitação de Unidades de Paisagem e Geografia Física de Ambiente Costeiro
Publicado
2019-09-30
Como Citar
SOUZA, J. L. DE; FRANÇA, V. V. D.; SOUZA, A. C. D. PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO AO RISCO DE ATROPELAMENTO NA ALAMEDA DA AV. PAULISTANA NO BAIRRO DO POTENGI – NATAL/RN. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 21, n. 2, p. 94-109, 30 set. 2019.