VULNERABILIDADE SOCIAL A INUNDAÇÕES DOS SETORES CENSITÁRIOS DO MUNICÍPIO DE PIRACURUCA (PI)

  • Mayara Jordana de Castro Sousa Universidade Federal do Piauí / Polo Território do Cocais, Piracuruca - PI
  • Francílio de Amorim dos Santos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí / Campus Piripiri.
Palavras-chave: Desastre natural, Rio Piracuruca, Risco.

Resumo

O objetivo da pesquisa foi analisar a vulnerabilidade a inundação dos setores censitários no município de Piracuruca, norte do estado do Piauí. A metodologia apresentou natureza descritiva e empregou dados alfanuméricos relacionados aos setores censitários definidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Desse modo, foram elencados 4 critérios para composição do Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), a saber: Demografia; Educação; Renda; Condições habitacionais. Utilizou-se a média aritmética simples para cálculo do IVS, cujos valores dos dados foram convertidos para porcentuais e manuseados no SIG QGIS, versão 2.14, para efetivação da união entre a tabela do (arquivo vetorial e planilha eletrônica) e sua espacialização. Foram definidas 5 classes para o IVS, a saber: muito baixa (0,00 a 0,93), baixa (0,93 a 1,86), média (1,86 a 2,78), alta (2,78, a 3,71) e muito alta (3,71 a 4,64). Por meio do IVS afirma-se que os setores urbanos exibem maior vulnerabilidade a processos de inundações, pois dos 44 setores 25 deles estão situados na classe Média a Muito Alta. Logo, um maior adensamento populacional, baixos níveis de instrução e renda e condições inadequadas de habitação contribuem para exercer maior pressão sobre os recursos naturais e acentuar o processo de inundação.

Palavras-chave: Desastre natural; Rio Piracuruca; Risco.

 

ABSTRACT

The objective of the research was to analyze the vulnerability to flooding of the census tracts in the municipality of Piracuruca, in the northern part of the state of Piauí. The methodology was descriptive and used alphanumerical data related to the census tracts defined by the Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Thus, four criteria were included for the composition of the Social Vulnerability Index (SVI), namely: Demography; Education; Income; Housing conditions. We used the simple arithmetic mean to calculate the SVI, whose data values were converted to percentages and handled in the GIS QGIS, version 2.14, to effect the union between the table (vector file and spreadsheet) and its spatialization. Five classes were defined for IVS: very low (0.00 to 0.93), low (0.93 to 1.86), mean (1.86 to 2.78), high (2.78 to 3.71) and very high (3.71 to 4.64). Through the IVS, it is stated that the urban sectors are more vulnerable to flooding processes, because of the 44 sectors, 25 of them are located in the Medium to Very High class. Therefore, greater population density, low levels of education and income, and inadequate housing conditions contribute to putting more pressure on natural resources and accentuating the flooding process.

Keywords: Natural disaster; Piracuruca River; Risk.

 

RESUMEN

El objetivo de la investigación fue analizar la vulnerabilidad a las inundaciones de las secciones censales en el municipio de Piracuruca, estado norteño de Piauí. La metodología fue descriptiva y empleó datos alfanuméricos relacionados con las secciones censales definidas por el Instituto Brasileño de Geografía y Estadística (IBGE). Por lo tanto, se enumeraron cuatro criterios para la composición del Índice de Vulnerabilidad Social (SIV), a saber: Demografía; Educación; Ingresos; Condiciones de vivienda. La media aritmética simple se utilizó para calcular el IVS, cuyos valores de datos se convirtieron en porcentajes y se manejaron en GIS QGIS, versión 2.14, para efectuar la unión entre la tabla (archivo vectorial y hoja de cálculo) y su espacialización. Se definieron cinco clases para IVS, a saber: muy baja (0.00 a 0.93), baja (0.93 a 1.86), media (1.86 a 2.78), alta (2.78 a 3.71) y muy alto (3.71 a 4.64). A través del IVS se afirma que los sectores urbanos son más vulnerables a los procesos de inundación, ya que de los 44 sectores, 25 de ellos están en la clase media a muy alta. Por lo tanto, mayores densidades de población, bajos niveles de educación e ingresos y condiciones inadecuadas de vivienda contribuyen a una mayor presión sobre los recursos naturales y acentúan el proceso de inundación.

Keywords: Desastre Natural; Río Piracuruca; Riesgo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mayara Jordana de Castro Sousa, Universidade Federal do Piauí / Polo Território do Cocais, Piracuruca - PI

Graduanda em Geogra ia pela Universidade Federal do Piauí. Tem experiência na área de Geogra ia, atuando nos seguintes temas: Geografia Escolar, Inundações e Geodiversidade.

Francílio de Amorim dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí / Campus Piripiri.
Licenciado em Ciências Biológicas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (2007); Licenciado em Geografia pela Universidade Estadual do Piauí (2010); Mestre em Geografia pela Universidade Federal do Piauí (2015). Atualmente, é aluno do Programa de Pós-Graduação em Geografia, em nível de Doutorado, da Universidade Estadual do Ceará (UECE). É docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí/Campus Piripiri, Classe D III, em regime de Dedicação Exclusiva. É parecerista ad hoc de 9 periódicos científicos, com foco na área de Geografia. Faz parte do Grupo de Estudos em Geografia Física (UFPI), Grupo de Estudos em Geotecnologias: Pesquisa e Ensino (UFPI) e Grupo de Estudos em Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (IFPI). Tem experiência em Geociências com ênfase em Geografia Física atuando principalmente nos seguintes temas: Bacias Hidrográficas, Desastres Naturais (Secas e Inundações), Desertificação, Vulnerabilidade social, Unidades de Conservação, Análise e Mapeamento Geoambiental, Geoprocessamento.
Publicado
2019-09-30
Como Citar
SOUSA, M. J. DE C.; DOS SANTOS, F. DE A. VULNERABILIDADE SOCIAL A INUNDAÇÕES DOS SETORES CENSITÁRIOS DO MUNICÍPIO DE PIRACURUCA (PI). Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 21, n. 2, p. 319-333, 30 set. 2019.