FORMAS DE USO E OCUPAÇÃO DA TERRA E SUAS INTERFERÊNCIAS NA DINÂMICA FLUVIAL: UM ESTUDO DE CASO NA BACIA DO RIO DA CHATA (PERNAMBUCO)

  • Caio Cesar Farias Diaz Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Paulo Lucas Cândido de Farias Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Osvaldo Girão Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Palavras-chave: Geomorfologia fluvial, Ações antrópicas, Dinâmica fluvial

Resumo

O referido trabalho visa analisar questões relacionadas às formas de uso e ocupação da terra, e suas possíveis perturbações na dinâmica fluvial na bacia do Rio da Chata, no estado de Pernambuco. Para o desenvolvimento do trabalho, foram usadas ferramentas do ArcGis 10.1, que contribuíram para a desenvolução dos mapas, registros fotográficos in loco e para observar e identificar os tipos de uso      frente aos aspectos físicos atuantes na bacia. O que o embasou as considerações aqui traçadas, diante do objeto de estudo, foi que a dinâmica fluvial no rio principal, de modo geral, não é afetada pelas suas formas de uso em áreas rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caio Cesar Farias Diaz, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Doutor em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Paulo Lucas Cândido de Farias, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Doutorando pelo Programa de Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Osvaldo Girão, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Professor Associado III do Departamento Geografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Publicado
2021-12-01
Como Citar
DIAZ, C. C. F.; FARIAS, P. L. C. DE; GIRÃO, O. FORMAS DE USO E OCUPAÇÃO DA TERRA E SUAS INTERFERÊNCIAS NA DINÂMICA FLUVIAL: UM ESTUDO DE CASO NA BACIA DO RIO DA CHATA (PERNAMBUCO). Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 23, p. 415-433, 1 dez. 2021.
Seção
Artigos