A CIRCULAÇÃO DA MERCADORIA NA REDEFINIÇÃO DOS USOS DO TERRITÓRIO

  • Mónica Arroyo USP

Resumo

Este texto tem por objetivo discutir aspectos associados à circulação da mercadoria e seu papel na estruturação do território. Para isto, em primeiro lugar, revisitamos caminhos teórico-conceituais, contidos em obras de autores clássicos da Geografia, que inspiram e dão suporte a nossas indagações. Em seguida, consideramos as particularidades que atividades como o transporte, a logística e os serviços postais trazem para a circulação de mercadorias, e que são fundamentais para entender o uso do território. Com base na leitura de três trabalhos destinados a decifrar cada uma dessas atividades no Brasil, discutimos a tendência à seletividade espacial e a importância da fluidez no período histórico atual.

Palavras-chave: Uso do território. Circulação. Fluidez. Transporte. Logística.

 

ABSTRACT

The purpose of this text is to discuss aspects associated with the circulation of the merchandise and its role in structuring the territory. For this, in the first place, we revise theoretical-conceptual paths contained in works by classical authors of Geography, which inspire and support our inquiries. Next, we consider the particularities that activities such as transport, logistics and postal services bring to the circulation of goods, and which are fundamental to understand the use of the territory. Based on the reading of three papers designed to decipher each of these activities in Brazil, we discuss the tendency to spatial selectivity and the importance of fluidity in the current historical period.

Key words: territory use, circulation, fluidity, transportation, logistics.

 

RESUMEN

Este texto tiene por objetivo discutir aspectos asociados a la circulación de la mercancía y su papel en la estructuración del territorio. Para esto, en primer lugar, volvemos a ver caminos teórico-conceptuales contenidos en obras de autores clásicos de la Geografía, que inspiran y dan soporte a nuestras indagaciones. Enseguida, consideramos las particularidades que actividades como el transporte, la logística y los servicios postales traen para la circulación de mercancías, y que son fundamentales para comprender el uso del territorio. Con base en la lectura de tres trabajos destinados a interpretar cada una de esas actividades en Brasil, debatimos la tendencia a la selectividad espacial y la importancia de la fluidez en el periodo histórico actual.

Palabras clave: uso del territorio, circulación, fluidez, transporte, logística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mónica Arroyo, USP
Possui graduação em Geografia pela Universidad de Buenos Aires/ Facultad de Filosofía y Letras (1981), mestrado em Integração da América Latina pela Universidade de São Paulo/ Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina (1997) e doutorado em Geografia (Geografia Humana) pela Universidade de São Paulo/ Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (2001). Atualmente é professora doutora no Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo, tendo lecionado também na Universidad de Buenos Aires, na Universidade Federal do Paraná e, como professora convidada, na Unicamp. Tem experiência na área de Geografia Humana, com ênfase em Geografia Econômica, atuando principalmente nos seguintes temas: globalização, regionalização, América Latina, Mercosul, uso do território, fronteiras e comércio internacional.
Publicado
2018-05-18
Como Citar
ARROYO, M. A CIRCULAÇÃO DA MERCADORIA NA REDEFINIÇÃO DOS USOS DO TERRITÓRIO. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 20, n. 1, p. 133-143, 18 maio 2018.