A VIDA COTIDIANA NA ESTRUTURAÇÃO DA CIDADE: CONSUMO E TRANFORMAÇÕES URBANAS

  • Andréa Leandra Porto Sales Bolsista PNPD no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal da Paraíba.
Palavras-chave: Consumo, Práticas espaciais, Produção do espaço, Visibilidade espacial

Resumo

As experiências de consumo têm demonstrado ser um constitutivo importante na produção do espaço urbano. Os produtos imobiliários destinados às atividades comerciais e de serviços, ao serem referência para a afirmação da identidade e condição de sociabilidade, têm redefinido as práticas espaciais. Este texto objetiva apresentar argumentos que reforçam a ideia: de que as novas forças produtivas oriundas de uma economia baseada no estímulo ao consumo têm demandado novos atributos à localização dos estabelecimentos que abrigam as atividades comerciais e de serviços na estrutura urbana das cidades. E destacar o estudo da vida cotidiana como um caminho metodológico para entender as subjetividades, que emergem dos grupos e estilos de vida, e são capturadas e representadas nos espaços e lugares de consumo. O texto resulta de reflexões realizadas na ocasião do III Seminário Regional de Comércio, Cultura e Cidades. Tem caráter teórico e traz aproximações entre o debate da produção e o do consumo na estruturação da cidade, no âmbito dos estudos de Geografia Urbana.

Palavras-chave: Consumo. Práticas espaciais. Produção do espaço. Visibilidade espacial.

 

ABSTRACT

The experiences of consumption have shown to be an important constituent in the production of urban space. Real estate products intended for commercial and service activities, as reference for the affirmation of the identity and condition of sociability, have redefined spatial practices. This paper aims to present arguments that reinforce the idea that the new productive forces originating from an economy based on the stimulus to consumption have demanded new attributes to the location of establishments that house commercial activities and services in the urban structure of cities. And highlight the study of everyday life as a methodological way to understand the subjectivities, which emerge from groups and lifestyles, and are captured and represented in spaces and places of consumption. The text is the result of reflections held at the III Regional Seminar on Trade, Culture and Cities. It has a theoretical character and brings approximations between the debate of production and consumption in the structuring of the city, within the framework of Urban Geography studies.

Keywords: Consumption, space practices, space production, spatial visibility

 

RESUMEN

Las experiencias de consumo demostraron ser un componente importante en la producción del espacio urbano. Los productos inmobiliarios destinados a las actividades comerciales y de servicios, al tornarse referencia para la afirmación de la identidad y condición de sociabilidad, han redefinido las prácticas espaciales. Este texto objetiva presentar argumentos que refuerzan la idea: de que las nuevas fuerzas productivas provenientes de una economía basada en el estímulo al consumo han demandado nuevos atributos a la localización de los establecimientos que abrigan las actividades comerciales y de servicios en la estructura urbana de las ciudades. Y destacar el estudio de la vida cotidiana como un camino metodológico para entender las subjetividades, que brotan de los grupos y estilos de vida, y son capturadas y representadas en los espacios y lugares de consumo. El texto resulta de reflexiones realizadas en la ocasión del III Seminario Regional de Comercio, Cultura y Ciudades. Tiene carácter teórico y trae acercamientos entre el debate de la producción y del consumo en la estructuración de la ciudad, en el ámbito de los estudios de Geografía Urbana.

Palabras clave: Consumo, prácticas espaciales, producción del espacio, visibilidad espacial

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Leandra Porto Sales, Bolsista PNPD no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal da Paraíba.
Bolsista PNPD no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal da Paraíba.
Publicado
2018-05-18
Como Citar
SALES, A. L. P. A VIDA COTIDIANA NA ESTRUTURAÇÃO DA CIDADE: CONSUMO E TRANFORMAÇÕES URBANAS. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 20, n. 1, p. 32-43, 18 maio 2018.