OS AREAIS SULRIOGRANDENSES SOB A ÓTICA GEOSSISTÊMICA DE BERTRAND (The sands riograndenses south from the perspective of Bertrand geosystem)

  • Fabio de Oliveira Sanches Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).
  • Roberto Verdum Departamento de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Palavras-chave: areais, arenização, paisagem, geossistemas, Rio Grande do Sul.

Resumo

No sudoeste do Rio Grande do Sul, na região da Campanha gaúcha, existem áreas onde se verificam processos de arenização. No trabalho os autores buscam analisar a paisagem dos areais sob a visão geossistêmica proposta por Bertrand (2004), que possibilita enquadrar os elementos constituintes dessa paisagem nos seus respectivos níveis têmporo-espaciais (Zona, Domínio, Região Natural, Geossistema, Geofácie e Geótopo). O enfoque geossistêmico adotado permite detalhar a paisagem, segundo aspectos de uma classificação relacionada ao estado ecológico de biostasia e resistasia. Dessa forma, após o enquadramento dos areais sul-rio-grandenses nas unidades de paisagem propostas, foi possível classificar recortes espaciais no nível do geofácie, tanto em estado de resistasia regressiva ligada à ação antrópica, como em estado de resistasia regressiva natural com a paisagem em estado de clímax.

THE SANDS RIOGRANDENSES SOUTH FROM THE PERSPECTIVE OF BERTRAND GEOSYSTEM

Abstract:

In Rio Grande do Sul southwest (Region of “Pampa”) some areas presents sandization processes. This study aimed at analyzing sand landscapes by geosystemics optics proposed by Bertrand (2004), which allowed to frame the elements of this landscape in its respective temporal-spatial domains (Zone, Domain, Natural Region, Geosystem, Geofacie and Geotopo). The geosystemics approach allowed the detailed dynamic characteristics of the landscape, according to aspects related to biostasy and resistasy ecologic state. In this context, after Rio Grande do Sul sands framing in Landscape units, it was possible to define a classification, according to methodology proposed by Bertrand, as geofacie level in both regressive resistasia state due to human action, as in natural regressive resistasia in the landscape climax.

Key-words: Sand deposits. Sandization. Landscape. Geosystems. Rio Grande do Sul.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio de Oliveira Sanches, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).
Professor dos cursos de Geografia, Engenharia Ambiental e Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul.
Roberto Verdum, Departamento de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Professor Associado do Dep. de Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Publicado
2013-12-23
Como Citar
SANCHES, F. DE O.; VERDUM, R. OS AREAIS SULRIOGRANDENSES SOB A ÓTICA GEOSSISTÊMICA DE BERTRAND (The sands riograndenses south from the perspective of Bertrand geosystem). Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 15, n. 2, 23 dez. 2013.
Seção
Artigos