DO PIONEIRISMO DE ROCHDALE AO COOPERATIVISMO/ASSOCIATIVISMO NO CAPITALISMO – UMA ANÁLISE DO CONTROLE DO ESTADO NO ESPAÇO AGRÁRIO BRASILEIRO (From the Rochdale pioner to the cooperativism and associativism insid capitalism – an alanlysis of the state...)

  • Renata Sibéria de Oliveira UPE
  • Josefa de Lisboa Santos
Palavras-chave: Território. Cooperativas e associações rurais. Teoria do Estado.

Resumo

O artigo busca analisar o significado do cooperativismo e do associativismo no espaço agrário brasileiro investigando o momento histórico em que estas formas de organizações surgiram e as intenções do Estado ao atuar como instrumentalizador das ações dessas organizações. Buscou-se compreender o surgimento do cooperativismo moderno na Europa do século XIX, sua influência nas formas de organizações sociais no Brasil e o ideário associativista como forma de controle social. Para fundamentar esta discussão, utilizou-se como encaminhamento metodológico pesquisa bibliográfica baseada em livros, artigos científicos e sites voltados para o tema em questão. Observou-se que a trajetória dessas organizações, em consonância com o desenvolvimento do capitalismo, permitiu ao cooperativismo/associativismo assimilar as características do sistema capitalista, e hoje estas organizações possuem seus objetivos diretamente ligados à ampliação, acumulação e reprodução do capital, perdendo os ideais iniciais do movimento.

Palavras-chave: Território. Cooperativas e associações rurais. Teoria do Estado.

 

FROM THE ROCHDALE PIONER TO THE COOPERATIVISM AND ASSOCIATIVISM INSID CAPITALISM – AN ALANLYSIS OF THE STATE CONTROL OF BRASILIAN AGRARIAN SPACE

Abstract

The article aims to analyze the significance of cooperatives and associations within the Brazilian agrarian space investigating the historical moment in which these forms of organizations have emerged and the intentions of the State to act as provider of the actions of these organizations. We sought to understand the emergence of the modern cooperative movement in nineteenth century in Europe, their influence on the forms of social organizations in Brazil and the associative ideas as a form of social control. To support this discussion, it was used bibliographical research based on books, scientific articles and sites focused on the theme. It was observed that the trajectory of these organizations, in line with the development of capitalism allowed the cooperatives/associations assimilate the characteristics of the capitalist system and today these organizations have goals directly related to expansion, accumulation and reproduction of capital, losing the initial ideals of the movement.

Keywords: Territory, Rural cooperatives and associations; State Theory.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-10-29
Como Citar
OLIVEIRA, R. S. DE; SANTOS, J. DE L. DO PIONEIRISMO DE ROCHDALE AO COOPERATIVISMO/ASSOCIATIVISMO NO CAPITALISMO – UMA ANÁLISE DO CONTROLE DO ESTADO NO ESPAÇO AGRÁRIO BRASILEIRO (From the Rochdale pioner to the cooperativism and associativism insid capitalism – an alanlysis of the state...). Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), v. 14, n. 1, 29 out. 2012.
Seção
Artigos