O ANTROPOCENO REGISTRADO: ESTUDO DE CASO DE CLASSIFICAÇÃO DE TERRENO TECNOGÊNICO POR IMAGEM ORBITAL

Autores

  • Wérica Pereira de Almeida Universidade Federal de Rondonópolis - UFR
  • Érika Cristina Nesta Silva Universidade Federal de Rondonópolis - UFR
  • Caio Santos Universidade Federal de Rondonópolis - UFR https://orcid.org/

DOI:

https://doi.org/10.35701/rcgs.v22n3.708

Palavras-chave:

Rondonópolis-MT, terreno tecnogênico, Jardim das Paineiras, Imagens orbitais

Resumo

A época geológica do Antropoceno tem aparecido frequentemente em diversos veículos de divulgação científica, alimentando inúmeros debates e estudos acerca da ação humana sobre a natureza. O presente trabalho teve como objetivo central analisar o comportamento temporal de transformação de uma voçoroca no bairro Jardim das Paineiras, na cidade de Rondonópolis – MT e verificar como sua classificação, como terreno tecnogênico, altera-se ao longo do tempo. Os procedimentos metodológicos utilizados foram: seleção e análise de imagens do software Google Earth Pro dos anos de 2009, 2017, 2018 e 2020 e a classificação dos terrenos tecnogênicos segundo trabalho de Peloggia (2017) e trabalhos de campo. Os resultados das observações das imagens orbitais e dos trabalhos de campo permitiram verificar avanços e recuos no tamanho e formato da voçoroca; entender que esses comportamentos de avanço e recuo permitiu classificar a voçoroca, nos anos analisados, em terrenos tecnogênicos de tipos diferentes; por fim, foi possível perceber que as causas são reflexos de ações diretas da sociedade, sobretudo do poder público municipal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

ALMEIDA, W. P. de; SILVA, Érika C. N.; SANTOS, C. O ANTROPOCENO REGISTRADO: ESTUDO DE CASO DE CLASSIFICAÇÃO DE TERRENO TECNOGÊNICO POR IMAGEM ORBITAL. Revista da Casa da Geografia de Sobral (RCGS), [S. l.], v. 22, n. 3, p. 102–121, 2020. DOI: 10.35701/rcgs.v22n3.708. Disponível em: //rcgs.uvanet.br/index.php/RCGS/article/view/708. Acesso em: 23 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos